Prêmio da CNBB

Hoje à noite a CNBB entrega seus prêmios de comunicação e eu participo deste momento concorrendo pela terceira vez ao Prêmio Dom Helder Câmara de Imprensa na categoria jornal.

Foto de Luciney Martins

A CNBB premia trabalhos que defendam a dignidade da pessoa humana e me honra muito ser lembrada junto aos demais profissionais por realizar este trabalho. Meus anos de carreira como repórter e mais recentemente como escritora se dedicam à denúncia de tanto descaso aos direitos humanos.

Se vou ganhar ou não, veremos juntos logo mais às 21h, mas o importante é registrar como a sociedade brasileira e seus governos trataram a parte mais vulnerável da sociedade brasileira durante a resistência e combate à pandemia de covid-19. Foi e é desumano.

Escrevi uma série de reportagens para o Jornal O Trecheiro sobre o tema, e é esta série que me leva à noite de hoje. A partir dela e de muita apuração sobre o cenário político-econômico escrevi um novo livro, o “Dores Invisíveis”, também produto final de minha especialização em produção editorial e de minha denúncia sobre o estado de coisas que vivemos neste período de um Brasil que escancara sua pobreza.

O anúncio da premiação é hoje às 21h em todas as tvs católicas. Assistirei pela TV Aparecida].

O livro “Dores invisíveis” aguarda investimentos 😉

Te espero às 21h.
@premioscnbb
@cnbbnacional TV Aparecida @fapcom

#karlamariajornalista #livroreportagem #premiosdecomunicaçãocnbb