Diplomada na AGL

A quarta-feira, 27, estava quente em Guarulhos, e o Lago dos Patos especialmente bonito. É ali, no entorno do lago, que fica a sede da Academia Guarulhense de Letras (AGL). Foi também naquela quarta-feira que fui diplomada como membro efetivo da AGL ocupando a cadeira 8, cujo patrono é o jornalista, poeta, escritor Aristides Castelo … Continue lendo Diplomada na AGL

Tudo dói neste país ultimamente

Já escrevi uma reportagem sobre aborto que causou muita, muita dor de cabeça e insultos a mim, seja por falta de interpretação do que estava escrito na reportagem ou por falta de capacidade de as pessoas lidarem com assuntos complexos que demandam análises e comportamentos que vão além da simplista dualidade. Está no meu livro, … Continue lendo Tudo dói neste país ultimamente

Aniversário de 1 ano, a gente não esquece

O livro Mulheres Extraordinárias completou um ano nas prateleiras de nossas livrarias e estantes pelo país. Tenho um orgulho gigante desse movimento que começou com minhas andanças e reportagens e se tornou uma obra de jornalismo literário que dialoga com as mulheres e os homens sensíveis aos dilemas e durezas de nosso dia a dia. … Continue lendo Aniversário de 1 ano, a gente não esquece

um prêmio

Estive em Trindade, em Goiás, para receber o terceiro prêmio de jornalismo da minha carreira. Quero me concentrar no mais recente e motivo deste post com sabor mais do que especial: o Dom Helder Câmara de Imprensa da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). A reportagem que me levou até o prêmio foi Trilhos da Vida, … Continue lendo um prêmio

Saiu o livro Mulheres Extraordinárias

Ele já está disponível nas nuvens e eu já me sinto nua por completo. Estou falando do Mulheres Extraordinárias, o livro que escrevi com olhar curioso e pés famintos, que percorreram lugares distantes e nem sempre bonitos.  Trata-se da união de reportagens e perfis que escrevi sobre algumas mulheres e suas realidades escondidas por este … Continue lendo Saiu o livro Mulheres Extraordinárias

Fim de um capítulo bom

Nos últimos 2 anos e alguns meses registrei muitas e muitas histórias. Voltando às reportagens encontro alguns excessos, uma literatura meio rasa, observo em uns a falta de dados, em outros um anseio ingênuo por justiça. Letras que esperavam a maturidade desta Karla, no texto e na alma. Visitando os inseparáveis bloquinhos de anotações - … Continue lendo Fim de um capítulo bom

poesia como expressão…

ABSTRATO eu nunca beijei um poema no entanto ele está aqui roçando leve minha boca nas horas dos mais doídos silêncios de Mariana Botelho