Posts Tagged 'livros'

Saiu o livro Mulheres Extraordinárias

livroEle já está disponível nas nuvens e eu já me sinto nua por completo. Estou falando do Mulheres Extraordinárias, o livro que escrevi com olhar curioso e pés famintos, que percorreram lugares distantes e nem sempre bonitos.  Trata-se da união de reportagens e perfis que escrevi sobre algumas mulheres e suas realidades escondidas por este país, mulheres não ouvidas, mulheres esquecidas.

Sinto-me nua, porque nas reportagens e perfis acabei me revelando, entre uma escolha e outra, no meio da apuração e nos perrengues que só quem bota a mochila nas costas e pega a estrada sabe que acontecem, e como acontecem. Neste livro, do qual me orgulho muito, coloquei-me no lugar delas e dei minha “voz” a elas.

Mãe órfã, mulher traficada, refugiada e freira ao lado de indígenas, negras, quilombolas; mulheres em situação de rua, que luta detrás das grades. Tem Mc Soffia, tem Mãe de Maio, Mãe da Sé. Tem meninas que gostam de meninas, mulheres que apanharam e recomeçaram, mulheres belas. Tem a Bela, a vida, a resistência, o grito. Tem Guadalupe, tem Maria, te fé.

O livro está disponível no site da Paulus, editora que me fez este convite inusitado para uma repórter “da rua” e que apostou em dar voz a essas mulheres incríveis com suas dores e suas alegrias.

Não é um manual de como fazer boas reportagens. Não! Mas é uma boa leitura para os que pretendem se aventurar na reportagem. Um choque de realidade distante do glamour que existe em torno da profissão que sigo antes mesmo de ser graduada.

O preço é bem acessível, por isso deixo o convite sem constrangimentos… leia as 256 páginas ilustradas por Rebeca Venturini, leia estas mulheres e com elas as diferentes realidades socioeconômicas e culturais, os problemas e soluções que encontraram, que trilharam para seguir. Espero de coração que goste, que se constranja, que sinta indignação, compaixão e esperança. Boa leitura!

Sabedoria de Natal

2012-12-10 19.56.25Dezembro é um mês agitado, a TV insiste em lembrar que é tempo de compras, muitas compras, trânsito e troca de presentes. Para os católicos é tempo de espera, de balanço do ano, de recomeço, de oportunidade de vida nova junto ao menino Jesus que nasce, neste dia. Sim, Natal é uma festa religiosa adotada pelo Papai Noel.

Hoje, em meio a uma reportagem difícil de finalizar, porque trata de morte, de dor, lembrei-me deste tempo de esperança e pensei, se pudesse dar presentes aos meus amigos, a todos eles daria livros e então, fiz esta árvore de sabedoria com um tantinho de livros aqui de casa.
Montando a árvore, lembrei-me que no Brasil a leitura ainda não caiu no gosto brasileiro. Segundo a 3ª edição da pesquisa Retratos da Leitura no Brasil, o brasileiro lê quatro livros por ano, sendo apenas 2,1 livros até o fim. Este número é menor do que o registrado em 2007, quando a média de livros lidos por ano era de 4,7. A região Centro-Oeste é a região com melhor média de livros lidos, seguido pelo Nordeste, Sudeste, Sul e Norte. As mulheres leem mais do que os homens; elas são leitoras 53% e entre os homens, o índice é de 43%.

Interessante destacar que a Bíblia, o livro que relata o nascimento de Jesus Cristo, e portanto, o Natal, é o livro mais lido no Brasil, seguido por livros didáticos, romances, livros religiosos, contos e livros infantis. Talvez este seja um bom motivo para iniciar uma leitura, descobrir o verdadeiro sentido do Natal ou ainda, e simplesmente o momento de descobrir o sabor e a magia de ser um leitor.


AQUI TEM…

Notícias sobre política(s), cinema, comportamento, culturas, meio ambiente, movimentos sociais, jornalismo, Brasil, América Latina e poesia.

O TEMPO PASSA…

julho 2017
S T Q Q S S D
« jun    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Clique para assinar este blog e receber notificações de novos artigos por email

Junte-se a 569 outros seguidores

RSS Adital – América Latina e Caribe

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

RSS BBC Brasil.com


%d blogueiros gostam disto: